terça-feira, 11 de outubro de 2011

piadas de criancas


 
Uma mãe pede ao filho que ligue para o celular do pai:
— Filho, diga que o jantar sairá em uma hora.
— Pode deixar, mamãe.
— E aí? O que ele disse? Já vem?
— Já liguei três vezes, mãe.
— E ele não atendeu?
— Atendeu. Mas sempre quem fala é uma mulher.
— O quê? Deixa comigo. Ele vai ver quando chegar em casa.
Quando o pai aparece em casa, a mulher começa a gritar:
— Vem cá, filho! Conta o que a mulher disse para você no telefone!
— Ela disse: "O número para o qual você ligou encontra-se desligado ou fora de área de cobertura."
escola começam a exaltar as qualidades de seus pais durante o recreio. Em um momento da conversa, um deles diz:
Três colegas de e
— O meu pai é quem corre mais rápido. Ele é capaz de atirar uma flecha, começar a correr e ultrapassar a flecha.
— Você acha isso rápido? O meu pai é caçador. Ele consegue dar um tiro e chegar ao alvo antes da bala.
— Vocês dois não sabem o que é rapidez.
— Ah, é? O que seu pai faz?
— O meu pai é funcionário público. Ele trabalha até às 18h, mas consegue estar em casa às 16h45.
Um menino chega à sua casa e confessa a mãe:
— Acabei de quebrar o abajur do apartamento do meu amigo.
— Como você fez isso?
— A gente estava jogando futebol dentro da sala e, sem querer, eu chutei a bola com muita força em cima do abajur.
A mãe olha com cara de desapontada e diz:
— Vou ligar para a mãe do seu amigo e perguntar como era o abajur.
— Você quer comprar um igual?
— Claro!
— Não, mãe, não se preocupe com isso.
— Por quê?
— Ela disse que aquele abajur era iinsubstituível.

O menino estava brincando na areia até que encontrou uma concha. Sua explicou para ele:
— Dá para escutar o mar dentro dela.
O menino ficou interessado e foi procurar por outras conchas.
Minutos depois o garoto acha outra concha, mas ao colocá-la próxima da orelha um caranguejo que estava dentro lhe ataca. Antes que o menino o visse ele volta a se esconder dentro da concha.
O menino então conta para a mãe.
— Acabei de escutar o mar de novo, mas nesse tinha tubarão.
Juquinha tem uma conversa muito séria com o pai.
— Pai, eu queria tanto ter um irmão pra brincar com ele.
O pai tentar desconversar e fala:
— Mas você tem um irmão, Juquinha. É que você nunca vê ele. Toda vez que você vai chegando em casa, ele sai um pouquinho antes de você entrar. Entendeu?
Juquinha pensa um pouco e fala:
— Sei. Entendi. É como o meu outro pai.

É o primeiro de ia de aula e a professora quer saber o que os pais dos alunos fazem.
— Agora, eu quero saber qual a profissão do pai de cada um de vocês. Alberto, o que é que o seu pai faz?
— Ele é comerciante, professora.
— Ah, muito bem. E você, Bartolomeu? O que o seu pai faz?
— Ele é gerente do banco, professora.
E assim ela vai percorrendo a lista de chamada até que chega a vez de Juquinha.
— Juquinha, o que é que seu pai faz?
— Professora, sniff! sniff! meu pai morreu na semana passada.
— Ah, eu não sabia, Juquinha. Os meus pêsames. Mas o que ele fazia antes de morrer?
— Toss, toss, arrghhh! Arrghh! Plufft!

Na maternidade, dois bebês deitados lado a lado conversam. O menino pergunta:
— Você é um menino ou uma menina?
— Sei não. Acabei de nascer.
— Vamos ver o que você é. Baixe um pouco o lençol.
— Não! Que isso?
— Só um pouquinho.
— Não!
— Só um pouquinho. Ninguém tá vendo.
— Não. Nem pensar.
— Deixa eu ver, deixa.
— Tá bem. Tá bem. Mas só um pouquinho.
— Assim não dá pra saber. Baixa mais, baixa.
— Você tem certeza de que não vem ninguém?
— Tenho, sim.
— E aquela enfermeira ali?
— Tá dormindo. Baixa mais, baixa. Só um pouquinho, baixa.
— Assim?
— Ah, é uma menina. Os sapatinhos são cor de rosa...
O professor de ciências era muito bravo. Um dia ele levou para a aula uma pata de um pássaro. Apontou para um aluno e perguntou:
— Olhando esta pata de pássaro responda-me: qual é a família, gênero e espécie do animal?
— Como é que eu vou saber isso tudo com uma pata?
— Seu ignorante — gritou o professor. — Você está suspenso!
E pegando uma caneta e um papel, perguntou ao menino:
— Qual é o seu nome completo?
O menino estendeu a mão para o professor e disse:
— Adivinha!

Um comentário:

  1. KKkkkKKKKKK...adorei!!! Bjs
    Regi
    http://regiarts.blogspot.com/

    ResponderExcluir