segunda-feira, 3 de outubro de 2011

mensagens para refletir

 
Vale a pena

a tentativa e não o receio;
Vale a pena

confiar e nunca ter medo;
Vale a pena

encarar e não fugir da realidade...


Ainda que haja fracasso,

vale a pena lutar.
Vale a pena discordar
do melhor amigo

e não apoiá-lo em
suas atitudes erradas;
Vale a pena corrigi-lo;
Vale a pena encarar-se
no espelho e
ver se esta
certo ou errado;
Vale a pena procurar
ser o melhor e aí...


Vale a pena ser o que for...
Enfim...
Vale a pena viver a vida,
já que a vida não é tudo
que ela
pode nos dar,
Mas sim tudo o que
podemos dar por ela.




Havia uma pedra, bela e grande.
Um dia, alguém passou por ali e vendo a pedra,
pôs-se a contemplá-la.
Ficou por um longo tempo olhando os contornos da pedra, as flores que a rodeavam
e o sol que parecia deixá-la mais bonita.
Disse para si mesmo: esta é a Pedra do Mestre.
Posso Vê-lo sentado sobre ela a sorrir para mim.
E entrou em êxtase rapidamente.
Foi quando outra pessoa chegou e lhe falou:
Estou há algum tempo a observar-te, de frente para esta pedra, e penso:
o que pode levar alguém sorrir por tanto tempo
a uma pedra e, sinceramente, não encontro um justo motivo que possa me convencer de que não estejas perdendo teu tempo.
Ele voltou-se para o estranho que invadira
seu momento com o Mestre:
Pois bem. Fico também pensando em algo:
O que pode levar alguém a perder seu tempo tão precioso querendo entender algo que está
somente para ser sentido.
Eu olho para a pedra e vejo Deus.
Eu olho para a pedra e sinto Deus.
Tu olhas para a mesma pedra,
mas nada vês e com tua mente julgas
o que não estás sentindo.
Para tornar-te um sábio, meu amigo,
é preciso que vejas e sintas com o coração.
Só assim poderás ver, mesmo numa pedra,
a presença de Deus a abençoar-te.


" Depende de Você "
A paz que você reclama e tenta encontrar...
depende de você.

A compreensão que você reivindica a cada passo...
depende de você.

A bondade que você admira nas pessoas...
e sonha possuir...
depende de você.

O diálogo, base de toda convivência...
depende de você.

A abertura que é o caminho para a renovação...
depende de você.

A realização que você julga essencial...
depende de você.

O amor que você quer encontrar no outro...
depende de você.

Pondere:

Queixar-se ou produzir, atrapalhar ou servir,
desprezar ou valorizar, revoltar-se ou colaborar,
adoecer ou curar-se, rebaixar-se ou abrir-se,
estacionar ou progredir é uma questão de escolha.

"Depende de você".





Se somente eu lutar
por um mundo melhor,
um dia eu me cansarei
e, certamente, desanimarei
diante das dificuldades.

Eu sou um ser humano
e tenho também meu limite,
por mais que Deus em mim habite...

Mas, se eu tiver o teu ombro amigo
e você caminhar comigo,
com a fé que abre portas
e a tua palavra de encorajamento
nem por um momento
ficarei desanimado.

Eu irei, sim, além do meu limite
e chegarei ao castelo de sonhos
que em algum lugar sei que existe...

Eu preciso muito de você
e, certamente,
você precisa também de mim.
Vamos unir nossas forças
para nos tornarmos fortes.

Com o amor sendo um suporte
venceremos muitas barreiras
e até mesmo a morte...

Não importa o teu passado,
limitações que tenhas
e nem sua crença também.
Falhas, quem é que não tem?
Eu somente espero
que você seja sincero,
respeite minhas emoções,
ajude nos meus erros,
mas aponte também as soluções...

Vamos construir um mundo
onde haja mais justiça,
fraternidade,
paz entre as pessoas
e muita solidariedade.
Isso não é uma fantasia
e nem falo com precipitação.

Se cada um fizer um pouco,
em breve seremos uma nação
onde haverá mais coração...







Divider
Em teu silêncio minha vida dispersa se recolhe qual onda calma no canto da derradeira luz.

Em tua oração minha sede infinita se apaga qual súbito veio de água na grama da árida montanha

Em teu amor meu coração se purifica na confiança qual lamparina iluminada pelo jorrar do óleo.

Oh! Anjo do Louvor e da eterna contemplação, Anjo em adoração, toma em tuas puras mãos, o breve fulgor de minha vida e torna-a um Hosana de fogo
que não se apaga mais. 
 
Divider 
Se eu deixasse algum presente a você,
deixaria aceso o sentimento de amar a vida dos seres humanos.

A consciência de aprender tudo o que foi ensinado pelo tempo afora.
Lembraria os erros que foram cometidos para que não mais se repetissem.

Deixaria para você, se houvesse, o
respeito àquilo que é indispensável:

Além do pão; o trabalho.
Além do trabalho; a ação.

E quando tudo mais faltasse, um segredo:

o de buscar no interior de si mesmo a resposta
e a força para encontrar a saída.
 

  Sábio é aquele que permite descobrir;
que reconhece a importância de aprender o novo,
que abre seu coração para sentir e ouvir...

Sábio é aquele que permanece em silêncio, observando os passos da mente, as fragrâncias,
os lugares escondidos dentro do seu ser...

Sábio é aquele que ouve antes de falar,
que sorri antes de chorar,
que permanece quieto para sentir
o frescor da noite em seu interior.

Sábio é aquele que diz sim para a vida,
que desperta o amor em si e em seu semelhante,
na intenção de criar um mundo melhor a todos nós.

Sábio é aquele que ama seu irmão que vê,

Como ama a Deus que não vê.

Sábio é aquele que vive e sabe viver!
 
ORAÇÃO DO PODER

Deus, Senhor de toda a força e poder, dá - me hoje a
Segurança do Teu temor e a certeza de que estás comigo.
Peço ajuda e Proteção nesta hora tão difícil de minha vida.
Preciso de Tua assistência, do Teu Amor e de Tua Misericórdia.
Tira de mim o medo, tira de mim esta dúvida, esclarecendo
O meu espírito abatido, com a luz que iluminou o Teu Divino
Filho Jesus Cristo, aqui na terra.
Que eu possa perceber toda a grandeza de Tua presença em mim
Soprando o teu Espírito dentro de mim, para que eu me sinta
Hora por hora, minuto por minuto.
Que eu sinta o Teu Espírito e Tua Voz
dentro de mim e ao meu redor.
Em minhas decisões e no decorrer deste dia, que eu sinta o Teu
maravilhoso poder pela oração e com este poder,
Espero pelos milagres que podes realizar
em favor dos meus problemas.
Não me deixe, levanta meu espírito,
quando me encontrar abatido.
Entrego - te neste dia a minha vida e a da minha família.
Livra - me de minhas moléstias ainda que seja por milagre,
Obrigado meu Mestre, meu Senhor, meu Irmão e meu Amigo.
Sei que vais me dar a solução de que tanto preciso e desejo
Amém!!!
 
Jesus 
  
 

Ao meio dia, um pobre velho entrava no
templo e, poucos minutos depois, saía.
Um dia, o sacristão perguntou-lhe o que vinha fazer,
pois havia objetos de valor no templo.

Venho orar, respondeu o velho.

Mas é estranho que você consiga orar tão depressa, disse o sacristão.

Bem, retrucou o velho, eu não sei recitar aquelas orações compridas.

Mas, diariamente, ao meio dia eu entro neste templo e só falo:
"Oi Jesus, é o Zé. "Em um minuto, já estou de saída.
É só uma oraçãozinha, mas tenho certeza que ele me ouve.

Alguns dias depois, o Zé sofreu um acidente e foi
internado em um hospital. Na enfermaria passou
a exercer uma grande influência sobre todos.
Os doentes mais tristes se tornaram alegres,
e muitas pessoas arrasadas passaram a ser ouvidas.

Disse-lhe um dia a irmã:
os outros doentes falam que foi você quem mudou tudo aqui na enfermaria.
Eles dizem que você está sempre tão alegre...

É verdade irmã, estou sempre alegre. É por causa
daquela visita que recebo todos os dias, me trazendo felicidade.

A irmã ficou atônita, já notara que a cadeira
encostada na cama do Zé estava sempre vazia. Ele era um velho solitário.

Que visita? A que horas?

Diariamente, ao meio dia, respondeu o Zé, com um brilho nos olhos.

Ele vem, fica ao pé da cama. Quando olho para ele, sorri e diz.

"OI ZÉ, É O JESUS!"



Não importa o tamanho da oração, mas sim
a comunhão que através dela temos com Deus.




Havia um pequeno menino que queria se encontrar com Deus. Ele sabia
que tinha um longo caminho pela frente. Um dia encheu sua mochila com
pasteis e guaraná e saiu para brincar no Parque.

Quando ele andou umas 3 quadras, encontrou um velhinho sentando em
um banco da praça olhando os pássaros. O menino sentou-se junto a ele,
abriu sua mochila e ia tomar um gole de guaraná, quando olhou o velhinho e viu que ele estava com fome, então ofereceu-lhe um pastel. O velhinho muito agradecido aceitou e sorriu ao menino.

Seu sorriso era tão incrível que o menino quis ver de novo; então ele
ofereceu-lhe seu guaraná. Mais uma vez o velhinho sorriu ao menino. O
menino estava tão feliz ! Ficaram sentados ali sorrindo, comendo pastel
e bebendo guaraná pelo resto da tarde sem falarem um ao outro.

Quando começou a escurecer o menino estava cansado e resolveu voltar
para casa, mas antes de sair ele se voltou e deu um grande abraço ao
velhinho. Aí o velhinho deu-lhe o maior sorriso que o menino já havia
recebido.

Quando o menino entrou em casa, sua mãe surpresa perguntou ao ver a
felicidade estampada em sua face.
- O que você fez hoje que te deixou tão feliz assim?

Ele respondeu.
- Passei a tarde com Deus __ e acrescentou__
Você sabe, Ele tem o mais lindo sorriso que eu jamais vi ?

Enquanto isso, o velhinho chegou em casa com o mais radiante sorriso na
face, e seu filho perguntou:
- Por onde você esteve que está tão feliz?

E o velhinho respondeu:
- Comi pastéis e tomei guaraná no parque com Deus.

Antes que seu filho pudesse dizer algo, falou:
- Você sabe que Ele é bem mais jovem do que eu pensava?

A face de Deus está em todas as pessoas e coisas se são vistas por nós
com os olhos do amor e do coração.
 Uma tarde, muito desconsolada e triste, a verdade encontrou
a Parábola, que passeava alegremente, num traje
belo e muito colorido.
- Verdade, porque estás tão abatida?
- perguntou a Parábola.
- Porque devo ser muito feia já que os homens
me evitam tanto!
- Que disparate! - riu a Parábola - não é por isso
que os homens te evitam.Toma, veste algumas das
minhas roupas e vê o que acontece.

Então a Verdade pôs algumas das lindas vestes
da Parábola e, de repente, por toda à parte onde passava
era bem vinda.
- Pois os homens não gostam de encarar a
Verdade nua; eles a preferem disfarçada."


Eu estou ao seu lado e sou aquele que nunca desacredita dos seus sonhos.

Sou eu que as vezes altero seu itinerário, e até atraso seus horários para evitar acidentes ou encontros desagradáveis.

Sim, sou eu que falo ao seu ouvido aquelas "inspirações" que você acredita que acabou de ter como "grande idéia".

Sou eu quem te causa aqueles arrepios quando você se aproxima de lugares ou situações que vão te fazer mal.

E sou eu quem chora por você quando você com a sua teimosia insiste em fazer tudo ao contrário só para desafiar o mundo.

Quantas noites passei na cabeceira de sua cama velando por sua saúde, cuidando de sua febre e renovando suas energias.

Quantos dias eu te segurei para que você não entrasse naquele ônibus,carro e até avião?

Quantas ruas escuras eu te guiei em segurança? Não sei, perdi a conta, e isso não importa.

O que realmente importa, e o que me deixa triste e preocupado, é quando você assume a postura de vítima do mundo, quando você não acredita na sua capacidade de resolver os problemas, quando você aceita as situações como insolúveis, quando você pára de "lutar" e simplesmente reclama de tudo e de todos, quando você desiste de ser feliz e culpa outra
pessoa pela sua infelicidade, quando você deixa de sorrir e assume que não há motivos para rir, quando o mundo está repleto de coisas maravilhosas, quando se esquece até de mim, seu anjo da guarda, aquele que Deus deu a honra de auxiliar nessa missão tão difícil que é viver e progredir.

Já que me deixaram falar diretamente com você, gostaria de te lembrar,que estou ao seu lado sempre, mesmo quando você acredita estar totalmente só e abandonado, até nesse momento eu estou segurando a sua mão, eu estou consolando seu coração, eu estou te olhando, e por te amar demais, fico triste com a sua tristeza, mas, como eu sei que você nasceu para brilhar, eu agradeço a Deus a oportunidade bendita de te conhecer e cuidar de você, porque você é realmente muito especial.

Seu anjo da guarda, que acredita em você.

Ore, Agradeça, Peça, ele está ai contigo te ouvindo:

  "Santo Anjo do Senhor, Meu zeloso guardador, se a ti me confiou a piedade divina, me rege, me guarde, me ilumine Amém!"




Roses
Era uma manhã de um dia de semana, desses de céu aberto e muito sol. Um trabalhador dirigiu-se para seu local de trabalho. Passando em frente a um templo religioso, decidiu entrar. Era uma sala muito ampla e ele sentou num dos últimos lugares, bem ao fundo. Ali se pôs a fazer a sua oração cheia de vida, dialogando com Jesus. Ouviu, então, em meio ao silêncio, a voz de alguém, cuja presença não tinha percebido: venha aqui. Venha ver a rosa. Ele olhou para os lados, para frente, e viu uma pessoa sentada num dos primeiros lugares. Levantou-se e a voz falou outra vez: Venha ver a rosa.
Embora sem entender, ele se dirigiu até a frente e percebeu que sobre a mesa havia realmente um vaso, no qual estava uma linda rosa. Parou e começou a observar o homem maltrapilho que, vendo-o hesitante, insistiu: venha ver a rosa. Sim, estou vendo a rosa, respondeu. Por sinal, muito bonita.
Mas o homem não se conformou e tornou a dizer: Não, sente-se aqui ao meu lado e veja a rosa. Diante da insistência, o trabalhador ficou um tanto perturbado. Quem seria aquele homem maltrapilho? O que desejaria com ele com aquele convite? Seria sensato sentar-se ali, ao lado dele? Finalmente, venceu as próprias resistências, e se sentou ao lado do homem. Veja agora a rosa, falou feliz o maltrapilho. De fato, era um espetáculo todo diferente. Exatamente daquele lugar onde se sentara, daquele ângulo, podia ver a rosa colocada sobre um vaso de cristal, num colorido de arco-íris. Dali podia-se perceber um raio de luz do sol que vinha de uma das janelas e se refletia naquele vaso de cristal, decompondo a luz e projetando um colorido especial sobre a rosa, dando-lhe efeitos visuais de um arco-íris.
E o trabalhador, extasiado, exclamou: é a primeira vez que vejo uma rosa em cores de arco-íris. Mas, se eu não tivesse me sentado onde estou, se não tivesse tido a coragem de me deslocar de onde estava, de romper preconceitos, jamais teria conseguido ver a rosa, num espetáculo tão maravilhoso. É preciso saber olhar o outro de um prisma diferente do nosso. O amor assume coloridos diversos, se tivermos coragem de nos deslocar de nosso
comodismo, de romper com preconceitos, para ver a pessoa do outro de modo diferente e novo. Há uma rosa escondida em toda pessoa que não estamos sendo capazes de enxergar. Há necessidade de sairmos de nós mesmos, de nos dispormos a sentar em um lugar incômodo, de deixar de lado as prevenções, para poder ver as rosas do outro, de um ângulo diferente. Realizemos esta experiência, hoje, em nossas vidas. Procuremos aceitar que podemos ver um colorido diferente onde, para nós, nada havia antes, ou talvez, de acordo com nosso modo de pensar, jamais poderiam ser vistas outras cores.



Um comentário:

  1. Ola estou passando pra dizer que esta tudo muitooo lindo
    um beijãooo

    ResponderExcluir